A Celebração dos 800 Anos da Ordem Franciscana Secular em formato de podcast – Web Santo Antônio

A Celebração dos 800 Anos da Ordem Franciscana Secular em formato de podcast

 A Celebração dos 800 Anos da Ordem Franciscana Secular em formato de podcast
Compartilhar

            No último dia 20 de maio a Ordem Franciscana Secular recordou os 800 anos da promulgação da Memoriale propositi, aprovada pelo Papa Honório III e considerada a primeira Regra na Igreja direcionada aos grupos de penitentes leigos que nasciam na Igreja, dentre eles os penitentes franciscanos. Para os Terceiros Franciscanos a data recebe um caráter jubilar e esta Regra pode ser considerada um dos primeiros documentos, juntamente com a Carta aos Fiéis, que Francisco escreve direcionando aos leigos e leigas que queriam abraçar a vida de penitência.

            Fazendo memória de toda a trajetória feita ao longo destes anos, a Web Rádio Santo Antônio preparou uma série de podcasts divididos em três episódios que nos mostra o desejo dos irmãos e irmãs seculares de viver o Evangelho em meio ao longo dos tempos: no passado, no presente e em vista do futuro. Esta série foi resultado de um trabalho feito a “muitas mãos” e por isso traz uma mistura de dados históricos, informações precisas e, acima de tudo, vidas testemunhadas.

            No primeiro episódio, a proposta foi dar início à reflexão a partir de um ponto de partida: o contexto histórico em que nasce Francisco e o Movimento Penitencial Franciscano. O irmão da OFS, Jeferson Machado, membro da Fraternidade Nossa Senhora de Nilópolis e Doutor em História pela Universidade do Rio de Janeiro, nos apresentou um resgate histórico, desde o surgimento dos primeiros movimentos penitenciais, passando pela Carta aos Fiéis, até chegar na primeira Regra dada pela Igreja aos Penitentes, com a força de sua mensagem original que pode nos orientar para algumas opções tomadas ainda hoje.

            Frei Wellington Buarque, OFM, se detendo ao escrito deixado por São Francisco, intitulado de Carta aos Fiéis, lembrou que o texto nada mais é do que um convite feito pelo Seráfico Pai aos/às Penitentes de sua época, a fazerem de sua vida de penitência uma vida entregue a Deus. Dividida em duas recensões, a mensagem deixada por Francisco é clara na demonstração do seu desejo de convidar os homens e mulheres que quisessem abraçar a vida de penitência em sua época, pudessem abraça-la de boa vontade e com o coração indiviso.

            Participando também deste momento jubilar, Irmã Cleusa Aparecida Neves, Franciscana de Nossa Senhora do Amparo e atualmente Presidenta do Conselho da Conferência da Família Franciscana do Brasil, destacou a importância desta data para os Religiosos e Religiosas de tantas congregações que se reúnem em torno do ideal do Carisma Franciscano. “Somos convidadas e convidados a participar deste tempo celebrativo, dando graças a Deus por meio de nossas orações, respondendo ao chamado com generosidade e ousadia e expressando pelo nosso modo de ser, viver e conviver, nosso compromisso com o ideal franciscano, apresentado na Regra há 800 anos que é viver o evangelho de forma radical”, nos lembrou a Religiosa ao final de sua mensagem.

            No segundo episódio o convite feito por Márcio e Carol, da Fraternidade São Lucas, de Belo Horizonte (MG) – aliás, os apresentadores da nossa série de podcasts – foi de olhar para o presente e perceber como se mantém vivo um carisma que perpassa o tempo e a história. O podcast contou com a participação de irmãos e irmãs seculares que engajados na realidade social vivem a Regra franciscana.

            Os temas apresentados tanto na Memoriale propositi como na Regra Renovada de Paulo VI, que celebrou no último dia 24 de junho 43 anos de sua aprovação, e que foram escolhidos para uma partilha foram: Família, Trabalho, Caridade, Desarmamento, Ciência e o Meio Ambiente. A proposta central deste episódio foi mostrar, para além do conteúdo, o testemunho dos irmãos e irmãs quem vivem estas temáticas junto aos seus contextos de vivência e atuação.

            O último episódio desta série lançou um olhar para o futuro, nos convidando a sermos ousados; lançou um olhar para os próximos 800 anos da Ordem Franciscana Secular com um tom de esperançar. Logo no início, após um refrão meditativo que cantava o título deste podcast “Do Evangelho à vida e da vida ao Evangelho”, entoado por Roseni Moraes, da Fraternidade Santa Isabel da Hungria, de Triunfo (PE), foi perceptível ver nos relatos dos formandos, neoprofessos e professos da Ordem Franciscana Secular, os sonhos e a utopia para o futuro.

            Nesta perspectiva de um futuro que requer novos desafios, o podcast trouxe a participação da Coordenadora Nacional de Formação da OFS do Brasil, Mayara Ingrid, que partilhou acerca de uma abertura da Ordem diante da história para as provocações de cada tempo, fazendo um resgate histórico das Regras que compõem estes 800 anos, desde a Memoriale propositi até a mais recente, a Seraphicus Patriarcha.

            Maria José Coelho, Ministra Nacional da Ordem Franciscana Secular do Brasil, também participou da produção e destacou que com estas comemorações, a OFS deseja fortalecer a missão e o compromisso de vivenciar a vocação franciscana no mundo, como profetas da esperança. “Vamos esperançar”, destacou nossa Ministra, conhecida carinhosamente por todos como Zezé.

            Uma surpresa foi preparada e esteve ‘fora do script’, na tentativa de surpreender os ouvintes. A produção ganhou um caráter internacional com a participação do Ministro Geral da OFS, Tibor Kauser, da Hungria, e da Vice-Ministra Geral da OFS, Maria Consuelo de Nuñez, da Venezuela, que deixaram uma mensagem especial para os franciscanos e franciscanas seculares brasileiros e que podem ser lidas abaixo, na íntegra.

Mensagem de Tibor Kauser, Ministro Geral da Ordem Franciscana Secular, aos irmãos e irmãs do Brasil: “Queridos irmãos e irmãs, vos envio minhas cordiais saudações aos membros da Família Franciscana do Brasil, através da transmissão da Web Rádio Santo Antônio! Neste período de nossa vida, é particularmente importante ser conhecedores de nossa vocação, ser conscientes de nossa espiritualidade. A fraternidade, que é o coração de nossa espiritualidade, pude nos ajudar muito a viver um tempo de esperança. Temos que recordar que, apesar de estarmos separados fisicamente, o Espírito Santo nos mantém unidos como um corpo. E se uma parte do corpo dói, também dói as outras partes. Recordemos que na Família Franciscana nada está isolado, nada está sem um apoio fraterno, sabemos uns dos outros e rezamos uns pelos outros. Nos ajudamos uns aos outros. Se fizermos assim, viveremos a plenitude da alegria de nossa vocação e seremos capazes de ver as maravilhosas obras de Deus, também em meio às difíceis circunstâncias externas. Alguns dias depois da Festa da Natividade de São João Batista, que é também o dia da aprovação da Regra da Ordem Franciscana Secular, desejo a todos e rezo por vocês que possam renovar sua vocação. Rezo para que todos vocês recebam de Deus tudo o que é necessário para Ele, pelo que vos envio minhas mais sinceras saudações de paz e bem!”
Mensagem de Maria Consuelo (Chelito) de Núñez, Vice-Ministra Geral da Ordem Franciscana Secular, aos irmãos e irmãs do Brasil: “Queridos irmãos, paz e bem! Vos fala Chelito Núñez, de Caracas, Venezuela, atualmente vossa servidora como Vice-Ministra Geral da Ordem. E este áudio é especialmente dedicado à Celebração de nossos 800 Anos de história, logo, da promulgação da Memoriale propositi, firmada em 1221. Esse documento é muito importante em nossa história, porque ele é o primeiro documento legislativo que faz que nossos irmãos e irmãs da Penitência formassem fraternidades, assim como a bela Carta a todos os Fiéis, de nosso Pai São Francisco. Essas fraternidades, a partir deste documento passam a ter um caráter legal dentro da Igreja. E qual é a importância desse documento? Porque inicia todo um caminho de santidade, desde aqueles Penitentes até os dias de hoje. E estamos vivendo com essa ideia, de seguir adiante, vivendo os mesmos valores, valores que não mudam com o tempo, embora a interpretação que se dava em um momento fosse distinta à de hoje, mas que não deixa de ser assim, tendo a mesma força. A penitência, a oração, a caridade e o sentido do chamado a uma permanente conversão, à qual estamos todos chamados através de todos os artigos de nossa Regra, que para os dias de hoje também devemos conhecer, amar e, sobretudo, acolher em nossa vida, para que nada nem ninguém possa dizer que não estamos vivendo o espírito de conversão, que desde o início nossos primeiros penitentes viveram. Paz e bem, queridos irmãos. Vos saúdo e até outro momento.”
Você pode encontrar este e outros podcasts nas principais plataformas digitais da Web Rádio Santo Antônio.

           

Uma programação especial para celebrar a Ordem Franciscana Secular

            Outros programas ao longo deste mês trouxeram à tona o tema da celebração dos 800 anos da Ordem Franciscana Secular. O Programa #PartiuAssis, preparado pela Juventude Franciscana e a OFS da Paróquia Nossa Senhora das Dores, em Fortaleza (CE), conversou com o jufrista Mateus Garcia, que partilhou um pouco sobre as duas datas jubilares que celebramos no Brasil (800 Anos da OFS e 50 Anos da JUFRA do Brasil). O programa ‘Vem Clarear’, por sua vez, trouxe a participação da leiga franciscana Bernadete Pereira para apresentar a influência de Clara de Assis nesta celebração. Confira abaixo:

Comentários